Ação que será julgada nesta quarta-feira (11/10) no STF se tornou urgente por conta da crise institucional

A ministra Cármen Lúcia, durante sessão do STF. Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

Presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia deu prioridade à ADI que analisa a necessidade de o Congresso avalizar as punições contra parlamentares durante o exercício do mandato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here